Advocacia: profissão de meio

2
💡

A profissão de advogado é uma profissão de meio, ou seja, o advogado deve se esforçar por defender os direitos de seu cliente, sempre com base na Cosntituição e nas leis vigentes em nosso ordenamento jurídico, mas não é obrigado a fazer com que seu cliente saia vitorioso nos processos judiciais. Em outras palavras, a profissão do advogado não pe uma profissão de fim.

Então, podemos pensar em duas coisas. A primeira, é que o advogado não pode se deixar levar pela idéia de “vencer a qualquer custo”. A segunda, é que o advogado não pode se deixar confundir com a parte nos processos. Isto quer dizer que o advogado deve entender que uma vitória processual não serve apenas para aumentar a sua auto-estima, mas significa a realização de direitos de seu cliente.

Amanhã falarei sobre a idéia de “vencer a qualquer custo”, e no dia seguinte falarei sobre o equilíbrio entre a auto-estima do advogado e os direitos de seu cliente.

2 COMMENTS

  1. estava vendo em outra pagina e gostaria de saber se a profissão de advogado é mesmo extressante

  2. Meu tio é advogado mas, na minha opinião , mesmo sendo estresante esta profissão, ela é um ganha pão de muitas pessoas e por este motivo é necessário passar pelo ” estrese” que vem acompanhado com o trabalho. Um dia serei um bom advogado e para isso devo entender antes de tudo as leis.

Comments are closed.