Como tornar seu blog jurídico comunicativo e influente (Parte 1 – Pense no seu blog e planeje)

2
💡

Neste primeiro post da série o que se sugere é uma análise do seu blog jurídico, antes de qualquer coisa. Não importa em que fase você esteja, e também não importa se você já tem ou ainda não tem um blog. O importante agora é que você reserve um tempo para pensar somente no seu blog jurídico. Feche o Twitter, o MSN, o e-mail e qualquer outra coisa que puder te distrair. Espere! Faça isso depois de ler este post…

Abra um editor de texto. Pode ser um bloco de notas no computador. Escreva em letras maiúsculas o título do seu blog e logo na linha de baixo escreva o seu nome. Depois disso, a sugestão é que você escreva sobre o seu blog. Sobre o que é o seu blog? Qual é a situação atual dele? O que te agrada e o que te desagrada em seu blog? O que precisaria melhorar? Quais são os objetivos do blog? Quais são as metas? E quanto a tudo isso, procure saber: por quê? como?

Você precisa fazer essas anotações, mesmo que for para apagar logo em seguida. Provavelmente descobrirá coisas sobre as quais você não tinha pensado muito detidamente. E isso vai servir para que você tenha um panorama sobre o seu blog jurídico, e possa compreender melhor a situação dele.

Feito isso, abra um novo arquivo de editor de texto, em branco. Este você não deverá apagar, e será onde você fará o planejamento do seu blog jurídico. No outro arquivo você provavelmente terá escrito um pouco do que você planeja para o seu blog. Agora, faça um planejamento mais detalhado. Algumas dicas:

  1. O tema do blog não precisa aparecer no título nem no subtítulo, mas você deve saber o tema do seu blog. E coisas como “O direito fácil” ou “Tornando o direito acessível a todos” (não estou me referindo a nenhum blog específico e nem sei se alguém já usou essas frases) podem ser slogans, mas não temas. Você pode delimitar uma área para o seu blog: Direito do Consumidor ou Direito do Trabalho, por exemplo. Mas é recomendável que haja um tema ainda mais delimitado dentro da área escolhida, tal como Consumidores de Produtos Esportivos, dentro de Direito do Consumidor,  que faria um blog provavelmente muito visitado por atletas do Brasil todo.
  2. O planejamento deve conter objetivos e metas. Objetivos, no caso, seriam a finalidades (geral e específicas) do blog (ou para que serve o seu blog?). E as metas são as atividades que você pretende realizar no blog (por exemplo, a meta de publicar pelo menos três posts por semana). Os objetivo ajudam você a se focalizar. E as metas te ajudam a se programar.
  3. Defina também sua atitude em relação aos leitores. Como você responderá aos comentários postados pelos leitores, em seu blog? Responderá a cada um deles? Suas respostas estarão no próprio blog (no campo de comentários), serão enviados por e-mail ao leitor respectivo ou você fará ambas as coisas?

Agora, reserve um tempo, algumas horas, e pense no seu blog jurídico.

……….

– Veja aqui a lista de posts da série Como tornar seu blog jurídico comunicativo e influente.

2 COMMENTS

Comments are closed.