Diálogo necessário

0
💡
Não tem razão de ser a inimizade por vezes alimentada antre os advogados e o Poder Judiciário. Não estou afirmando que o Judiciário tem um sistema perfeito. Nem estou afirmando que os advogados sempre fazem, igualmente, um trabalho perfeito. Mas, tenho notado que há um tipo aversão predisposta de juízes e cartorários contra advogados, e vice-versa.
Qual o motivo dessa predisposta aversão recíproca entre os advogados e o Judiciário? Difícil pergunta. Podemos considerar, no entanto, que o diálogo pode resolver muitos conflitos infundados, entre advogados, de um lado e juízes e cartorários, de outro.

Por isso, incentivo o diálogo, porque, por mais que os pontos de vista sejam diferentes, o diálogo pode contribuir muito com a formação do respeito mútuo, o que é de especial importância, notadamente no meio jurídico.

SHARE
Previous articleBrasil na Copa de 2006 – vitória por 3 a 0 sobre Gana
Next articleBrasil fora da Copa de 2006
Gustavo D'Andrea é advogado especializado em Direito Digital, mestre em Ciências (Psicologia) pela FFCLRP-USP e doutor em Ciências (Enfermagem Psiquiátrica) pela EERP-USP. Mantém o blog Forense Contemporâneo desde 2005 e criou a Forensepédia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here