ENEM e a questão da estrutura tecnológica na esfera pública

0
1
GD Star Rating
loading...

O tema é: robustez da estrutura tecnológica a serviço do cidadão brasileiro. Em notícia publicada pelo AgoraMs, intitulada “É preciso garantir credibilidade ao ENEM, afirma Marisa Serrano”, podemos ler que algumas considerações da senadora Marisa Serrano sobre como a falta de um preparo mais atento e sólido da estrutura tecnológica prejudicou centenas de milhares de jovens.

Problemas no sistema on-line de inscrição do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) impediu muitos jovens de tentar oportunidade de ingresso em universidades. E a partir deste ano de 2010, a nota do Exame Nacional de Ensino Médio-ENEM de 2009 serviria como único meio de seleção em diversas universidades públicas, e os jovens deveriam se inscrever pelo SiSU.

Estrutura tecnológica é tema igualmente relevante quando se fala do processo eletrônico (poderíamos falar em autos processuais digitais). A tendência é que os advogados somente possam defender os direitos de seus clientes perante um juiz através de sistemas eletrônicos. Seria algo parecido com enviar um arquivo por e-mail, mas no caso seriam textos explicando o problema jurídico e fazendo pedidos (por exemplo, uma cobrança).

Da mesma forma que problemas técnicos fizeram jovens perder oportunidades, também falhas tecnológicas podem prejudicar a defesa de direitos na esfera judicial. Lembremos que nos processos judiciais os advogados devem observar prazos para fazer seus pedidos, apresentar provas, constestar etc. Basicamente, se o sistema de processo eletrônico do Poder Judiciário falhar, eventual perda de prazo por esse motivo não poderia ser atribuída ao advogado. Mas, de qualquer forma, uma falha poderia causar muitos transtornos aos advogados, havendo até mesmo o risco de perda da oportunidade de realização de direitos.

O SiSU e o processo eletrônico são tópicos que remetem, então, à temática da estrutura tecnológica na esfera pública.

GD Star Rating
loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here