Estudante de direito: mais segredos para ser um vencedor

1
💡

A mente do estudante de direitoAqui estão mais dois princípios para inspirar o estudante de direito que deseja ser bem sucedido. Os dois primeiros princípios foram publicados anteriormente, e você pode consultá-los no post “Estudante de direito: segredos para ser um vencedor“. O quinto princípio será publicado mais tarde, e ele merece um texto dedicado somente a ele.

Princípio 3 – Anote e revise para a vida

O maior ativo de um estudante de direito é a sua mente. Quanto mais você desenvolver a sua capacidade de raciocinar e de memorizar informações, maior será o seu crescimento como estudante e, futuramente, como profissional.

Para que você faça uso de informações é preciso, antes, acessá-las. Por exemplo, você não saberá o que está escrito no artigo 1° da Constituição Federal do Brasil se esta informação não chegar até você por algum meio, seja a leitura do próprio artigo, seja uma menção em um livro, seja na fala de um professor etc.

Acontece que as informações que o estudante de direito precisa conhecer e dominar não são poucas e, além disso, estão em centenas de lugares diferentes. Por isso, anote e revise. E faça isso para a sua vida.

O que é anotar e revisar “para a vida”? Não basta simplesmente “anotar e revisar”? Em primeiro lugar, anotar é muito fácil e temos o costume de fazer isso até mesmo como rotina. Revisar já não é tão comum nem tão fácil. Nossa tendência é adiar esta tarefa de revisão, e talvez nem realizá-la. Porém, nem anotar nem revisar são suficientes por si mesmos. É preciso anotar e revisar com disciplina e atenção, pensando no futuro, de modo a fazer das anotações partículas de conhecimento úteis para você agora e amanhã, e fazer das revisões passos firmes adiante.

Mais uma pequena observação: seu caderno de anotações deveria ser em papel, e digo isto com convicção.

Princípio 4 – Faça você mesmo

Tenha cuidado com atalhos. Resumos de matérias, modelos de petições e cadernos de outras pessoas são possíveis atalhos que podem prejudicá-lo imensamente. Nenhum desses exemplos é ruim em si mesmo. O problema aparece quando o estudante se acomoda sobre esses apoios, pensando que são suficientes para progredir (e não são, acredite!).

Você precisa enfrentar o desafio de fazer tudo “do zero”, pois é neste momento que você verá claramente as dúvidas e poderá superá-las. Não se deixe enganar por fórmulas mágicas que fazem você pensar que está entendendo tudo, pois a vida não faz concessões na hora de prová-lo.

Ainda não ficou claro? Então faça um teste. Escolha uma área do conhecimento que você nunca pensou em estudar e que você acha que nunca entenderia (a não ser se assistisse a um documentário da TV por assinatura). Digamos: física quântica? Teoria dos jogos? Geologia? Oftalmologia? Não importa. Simplesmente escolha a área, descubra um tema bastante difícil e tente entendê-lo a partir de um livro técnico sério sobre o assunto (vá a uma livraria ou biblioteca, se necessário). Depois, volte aqui para comentar.

Livros que vão ajudar você

compreClique nos títulos dos livros para comprar na Livraria Cultura (verifique a disponibilidade):
“A arte de fazer acontecer” (David Allen)
“Como estudar melhor” (Ron Fry)
“Como se faz uma tese” (Umberto Eco)

Para suas anotações

Clique nos links abaixo para comprar na Livraria Saraiva (verifique a disponibilidade):
Tilibra Fitto Pautado [ALTAMENTE RECOMENDADO] “Caderno Tilibra Capa Dura Costurada Com Pauta Grande – Fitto – 96 Folhas”
“Lápis Preto HB Stabilo”

1 COMMENT

Comments are closed.