7 Comentários

  1. luis

    Dandrea a prova da oab pode até ter sido séria mais de uns tempos pra cá tem as seguintes situações na prova objetiva:
    a- 3 questões certas.
    b-2 questões certas.
    c- a certa estar errada e a errada estar certa.
    Isso na mesma questão assim o candidato tem q. advinhar e muitas delas são questões banais e simplória q. ñ precisa ser graduado em direito pra saber ,um leigo com o minimo de conhecimento em direito respondealgumas delas .Eu tenho as provas guardadas e provo com doutrinas/jurisprudência e olha q. estou falando de 20 e quase 30 questões ao invés de vc estar disputando 100 questões vc tá disputando na verdade 80 ou 70 questões .
    Você mim perguntaria e o prazo pra recorrer? vc sabe q. é prazo de menos e questões de mais. 100 questões x 4 letras na realidade são 400 questões.
    Tendo prova da oab ou não eu só gostaria q. ela fosse séria estou falando das últimas provas da Cespe as da FGV ñ posso falar,agora se nêgo mim roubar meio mundo vai saber .Quem estiver lá no espaço vai saber.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  2. Jones Manoel

    Olha só, a questão acerca da manutenção ou não do exame da Ordem está, mais que nunca, entre os maiores temas do momento, em especial no mundo jurídico. A maior verdade nisso tudo é que a maioria das opiniões está maculada pelo interesse pessoal de quem às emite. Quando dizem que são contra o exame, na maioria das vezes, é pq não teve ou tem capacidade para ser aprovado. Já outros, os quais acreditam que o exame é benéfico, o fazem por terem sido aprovados e não se importarem com outros possíveis concorrentes. Decerto o tema deve sim ser debatido, mas acredito que aquilo que mais vai interessa,r vão ser aqueles debates ocorridos pelos mais eminentes juristas de nosso país. Mesmo pq, uma decisão tomada no furor das paixões pessoais pode causar um dano ainda maior no mundo do Direito. A grande verdade é que A Jurisprudência, no sentido original da palavra, passa em nosso país por um momento de regressão, não do número de profissionais, mais da qualidade deles. Não tenho dados científicos para provar o que digo, mas decerto muitos comungam da minha opinião. Muitos que, assim como eu, se inspiraram em importantes e históricas figuras, e hoje vem a imagem dessa instituição ser abatida por uma gama quase que infindável de instituições que fazem do Ensino um comércio. A solução para alguns reside nos já existente ENADE. Todavia, tal exame não impede nenhum profissional de entrar no mercado, apenas pode vir, depois de um processo estritamente político, e pouco técnico, a fazer com que o curso deixe de ser oferecido em tal ou qual instituição. No entanto, onde ficariam as pessoas que teriam suas vidas nas mãos de um profissional ruim? Tendo em vista que o Direito, enquanto ciência social, tem o Ser Humano como razão última de sua existência, “ubi ius ib societas”. Ora, um desserviço prestado por um profissional incapaz pode deixar marcas indeléveis na vida de um indivíduo. Por outro lado, o que dizer de alguém que suou durante anos à fio e ao final de quatro ou cinco anos se vê reprovado num exame que, na maioria das vezes, não avalia como se deve? É uma questão difícil. Fatores como o nervosismo, inexperiência, ou até mesmo não ter acordado num bom dia levariam a uma reprovação, culminando na impossibilidade de exercer a Advocacia. Todavia, as dificuldades são uma constante no dia-a-dia de qualquer profissional. A pressão também é algo inerente ao espaço pessoal, e se alguém, que apesar de ter feito tudo da forma mais correta, no dia “D” não se sai bem no exame, em minha opinião, é pq também não estaria preparado para tomar parte em um processo, para defender alguém. Quanto ao argumento de que as outras profissões não possuem este plus, eu diria, Com o maior respeito do Mundo, que esse não é o foco. Se a Advocacia gozou todos esses anos desse enorme prestígio, é pq algo de diferente possui. Não sei se é o Exame da Ordem, mas pode até ser por isso. Não sei.
    Apesar de tender à Manutenção do Exame da Ordem, minha opinião ainda não está totalmente formada.
    Um abraço
    Jones Manoel Ribeiro da Silva
    Gradudando em Direito – Universidade Tiradentes

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  3. Elieser Faria

    Olá sou contra o exame, porém sou a favor que a OAB continua existindo somente para fiscalizar os maus profissionais, tendo em vista que a OAB usa o pretesto que o exame é para proteger a sociedade.
    Os Bacharéis em Direito fazem parte da sociedade, e o que temos visto é a OAB passar por cima de todos os princípios constitucionais desrespeitando seu proprio edital e provimento.
    Ela é autoritária, soberana, prepotente, ilegal visto que;
    O que tenho visto a OAB escomungar todos os Ministros , Desembargadores e Membros do do MPF que da uma decisão contra sua vontade inclusive ofendendo seus famíliares, isso é um absurdo e que ela faz sem o menor pudor sempre enfrente as câmeras de TV.
    Com o Presidente da OAB aprendi que o interesse do meu cliente esta acima da constituição Federal,
    Que tenho que ofender todo magistrado inclusive seus familiares quando eles não pactuar minha tese.
    Ser sempre arrogantes, nunca reconhecer meus erros.!
    Isso vai contra meus princípios, mais é o que a OAB tem demostrado todos os dias!
    se tiver mentindo acompanhe de perto os exames da OAB , que vcs vão ver o quanto ela é prepotente, jamais reconhece um erro ou falha a culpa em todos os momentos é dos Bacharéis!

    Abraço!

    GD Star Rating
    loading...
    Responder

  4. Com todo respeito aos bacharéis, venho neste espaço, manifestar-me no sentido de ser a favor da permanencia da obrigatoriedade do exame da ordem já pacificados pelo STF. Contodo, entendo que deveria existir uma certa coerencia no critério de avaliação.Entendo que o candidato reprovado na segunda fase, não deveria ser obrigado a voltar à primeira fase, pois já foi avaliado na prova objtiva e aprovado. Aos candidatos chega a ser desanimador ter que ficar neste bate e volta infindavel.Enquanto o atual modelo de aplicação de prova não muda, sugiro aos colegas que tenham determinação nos estudos e muita perseverança, pois somente dessa forma a vitória chegará.boa sorte…

    GD Star Rating
    loading...
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *