Mais sobre organização

0
💡
Mais uma questão a ser pensada pelo jovem advogado (aliás, por todo advogado): que o cliente saiba como, quando e onde encontrá-lo.

Eu já havia escrito sobre organização, neste blog. E voltamos ao tema da organização. É importante estabelecer, junto ao cliente, horários mais ou menos fixos para contato, e também formas flexíveis de contato. Isto evita, por exemplo, que o cliente telefone para o advogado quando ele não estiver presente no escritório.

SHARE
Previous articleRibeirão Preto 150 anos
Next articleO advogado no século XXI
Gustavo D'Andrea é advogado especializado em Direito Digital, mestre em Ciências (Psicologia) pela FFCLRP-USP e doutor em Ciências (Enfermagem Psiquiátrica) pela EERP-USP. Mantém o blog Forense Contemporâneo desde 2005 e criou a Forensepédia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here