Manual da Família: um novo “experimento” de fluxo de informação jurídica

2
3
GD Star Rating
loading...

Um ponto presente nos debates sobre a relação Direito/tecnologia é o que se relaciona ao fluxo de informação jurídica. Como a internet poderia servir para a finalidade de avançarmos neste aspecto? Com base em reflexões e trocas de idéias, com destaque para os assuntos relacionados ao J+, dá-se início a um “experimento”: o Manual da Família.

Ao longo do tempo, leitores deste blog incluíram – e incluem – comentários sobre diversos assuntos relacionados ao Direito. Boa parte dos comentários expressam dúvidas a respeito de situações jurídicas específicas. Os leitores vêem no blog Forense Contemporâneo um lugar onde podem expressar seus dramas. Por outro lado, sabemos que, quando se trata de situações jurídicas específicas, é essencial que advogados ou defensores públicos sejam consultado pessoalmente. Falou-se bastante sobre isso aqui no blog, em várias ocasiões, como esta aqui, por exemplo.

Por outro lado, é importante que as pessoas tenham mais acesso a informações que possam esclarecer sobre como funciona o nosso ordenamento jurídico. A internet está repleta de material jurídico, boa parte do qual é de muito boa qualidade. Mas, como continuam existindo perguntas, continuam as reflexões sobre fluxo de informação jurídica.

Inicio então o experimento. Um Manual da Família. Em termos bem gerais, teremos um manual, a ser escrito gradualmente, tratando de direitos relacionados à família (incluindo aqui áreas do Direito além do Direito de Família – por exemplo, o Direito Sucessório). Será um manual gratuito, e estará sob uma das licenças do Creative Commons. Cada pedaço do manual poderá ser comentado e debatido.

PASSOS DE BEBÊ. Não se trata de um wiki, ou seja, o manual não depende de outros autores para formular seu conteúdo. Pelo menos de início, fico de compor o conteúdo. A interação que se verificar a partir dos pedaços do manual servirão para aperfeiçoar o conteúdo e torná-lo mais próximo do leitor. “Há outra posição” e “quando vai falar de tal assunto?” são frases que provavelmente surgirão – o que é bom, evidentemente. Como se trata de um experimento mais profundo, deverei realizá-lo muito aos poucos. Neste experimento, não haverá preocupação em “regularidade”, mas sim de gradatividade. Em meio ao aumento desenfreado da celeridade dos eventos da vida, o experimento do manual será um contraste, talvez um pouco impactante, mas que, penso e espero, trará um pouco de sobriedade (como disse o meu amigo, Dr. Décio).

MANUALZÃO. O ideal que rege o experimento remete a um grande manual que abranja todas as questões jurídicas da atualidade. Como para andar mil quilômetros deve se dar o primeiro passo (não lembro de quem é essa frase, mas acho que é um dito chinês), inicia-se com um manual de assuntos jurídicos relacionados à família, que, parece-me, é um dos assuntos mais presentes entre os comentários aos posts deste blog.

ALÉM-BLOG. O Manual da Família sará gradualmente publicado em site próprio, fora do blog. Lembremos que se trata de um experimento. Não sei se estou utilizando o meio mais interessante para se publicar um manual. Isto, no entanto, pode ser aperfeiçoado com o tempo. Procurarei publicar os pedaços do manual no corpo do site que construí para isso e, juntamente com cada pedaço, procurarei juntar um arquivo em pdf com o mesmo texto, para maior comodidade do leitor.

O SITE, AFINAL. O endereço do site em que publicarei o manual é forensecontemporaneo.com. Comecei com uma breve introdução sobre a união familiar (ver aqui). Ao longo do tempo, novas partes irão compor o manual, e as já existentes poderão ser reformuladas em novas versões, a partir de reflexões e debates.

FEED. As principais novidades do Manual da Família, delas falarei aqui no blog. Para quem quiser acompanhar os posts somente sobre o assunto, podem assinar o feed respectivo (feeds.feedburner.com/manualdafamilia).

GD Star Rating
loading...
SHARE
Previous articlePossível bloqueio do WordPress.com no Brasil: refletindo
Next articleColphriguismet, quafa madaskz!!
Gustavo D'Andrea é advogado especializado em Direito Digital, mestre em Ciências (Psicologia) pela FFCLRP-USP e doutor em Ciências (Enfermagem Psiquiátrica) pela EERP-USP. Mantém o blog Forense Contemporâneo desde 2005 e criou a Forensepédia.

2 COMMENTS

  1. Ah, o manual! Vou olhar com calma e depois palpito. Não tinha entendido que vc faria do domínio forensecontemporaneo.com inicialmente um “manual da familia”. Por isso a pergunta “que manual”, rsrs Olha o J+ aí :)
    Abs e sucesso!

    GD Star Rating
    loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here