O aluno como indivíduo dentro da faculdade

1
💡

Entre outros, um tema importante a ser considerado quando se fala em faculdades de modo geral, e faculdades de Direito em particular, é o realtivo ao que o aluno representa para a faculdade.

Não é fácil, admita-se, que uma faculdade de Direito zele por todos os alunos e ao mesmo tempo por cada um individualmente. Mas é o ideal. Pois cada indivíduo tem seu rítmo de desenvolvimento, e por isso, para que o aluno tenha uma formação jurídica adeaquada, é necessário que o ensino lhe seja direcionado individualmente. Com isso não queremos dizer que o ensino deve se adaptar a cada aluno, mas deve ser dada ao aluno a oportunidade de se adequar às exigências do ensino, impostas a todos os alunos.

O papel do professor é essencial na percepção do ritmo de cada aluno. Mas isso torna-se praticamente impossível em salas com mais de 30 alunos (número já bastante elevado), o que contribui para a utilização de métodos que talvez não atendam às necessidades da formação jurídica (exemplos: aulas puramente discursivas, poucas oportunidades ou tempo para a participação do aluno etc.).

Evidentemente, o aluno deve se empenhar para ter uma formação jurídica adequada. Mas é função da faculdade dar-lhe oportunidade para isso.

SHARE
Previous articleO ambiente de ensino jurídico
Next articleDe volta
Gustavo D'Andrea é advogado especializado em Direito Digital, mestre em Ciências (Psicologia) pela FFCLRP-USP e doutor em Ciências (Enfermagem Psiquiátrica) pela EERP-USP. Mantém o blog Forense Contemporâneo desde 2005 e criou a Forensepédia.

1 comentário

  1. gustavo, muito pertinente ao meu ponto de vista sua análise sobre o ensino. o que venho a acrescentar é que infelizmente vivemos no país do descaso e nos resta torcer para que a coisa nao piore ainda mais, pois o que se vê hoje em dia é o setor privado livre para criar faculdades e mais faculdades sem controle e limite priorizando o lucro numa falsa ilusao de que estao compensando o governo no setor educacional. a classe politica nao se interessa nem em criar condicoes para que o ensino publico se restabeleça nem mesmo parece preocupada em impor qualidade ao setor privado que assumiu o setor educacional neste país.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here