O segredo mais secreto dos estudantes de Direito

GD Star Rating
loading...

[stextbox id=”info”]Atualização (em 30/12/2012) Se você está interessado no tema deste texto, também vai gostar do post: “Estudante de direito: segredos para ser um vencedor”.[/stextbox]

* * *

O maior desespero de um estudante de Direito é o temor do esquecimento. Pois a obrigação diante da qual sempre se encontra é responder corretamente a questões jurídicas. Se não responde corretamente às questões de suas provas, não forma, não se torna advogado, não passa em concurso. O bacharelado em Direito é simples assim: tudo baseado em responder corretamente a um número determinado ou indeterminado de questões. Corretamente, entre aspas.

O segredo mais secreto dos estudantes de Direito, utilizado para sobrepor esse temor, esse desespero, é o estudo. Somente o estudo. O gênio dos gênios, que toda sala de aula possui, não é nenhum gênio. Às vezes, finge que é, para se fazer de orador. Às vezes, os colegas mais preguiçosos também fingem o mesmo, para utilizá-lo como a fonte inesgotável da cola milagrosa. Entre os “gênios” e os “coladores”, há os estudantes que talvez não saibam ainda que o segredo é tão-somente o estudo. Perguntam-se: como?

Estudar é assunto pessoal. Ninguém, a não ser o próprio estudante, pode descobrir a sua individual essência de estudante. Nenhum curso ou cursinho, nem livro de auto-ajuda, poderá ensinar como se estuda. Cursos e livros podem ajudar com a utilização do tempo e outras formas de organização pessoal, para uma vida de estudo mais produtiva. Podem servir como incentivo, inspiração a pensamentos positivos. Mas não ensinam a estudar. E nem poderiam.

A primeira tarefa de um estudante de Direito, mesmo os já formados, é fazer uma reflexão sobre a própria vida de estudo. A pergunta que deve ser feita a si mesmo é: qual é o meu jeito pessoal de estudar? A resposta não precisa ser imediata, mas a reflexão inicial deve levar o estudante a experimentar o estudo. A reflexão e a experimentação revelarão ao estudante qual é o seu jeito de estudar e qual é o seu ritmo pessoal.

Fugir de competições é salutar. É natural que, quando se descobre que podemos estudar e ampliar nossos conhecimentos, surja a vontade de transmitir aos colegas as novas descobertas obtidas nas leituras e raciocínios. É uma prática saudável essa transmissão de conhecimentos. Mas não é raro surgirem os que querem vencer a discussão, proferindo as sentenças mais corretas e perfeitas dentro do debate. Dessas situações, deve-se fugir. Há sempre alguém preparado a “ter razão sem razão”. E se o simples estudante der uma resposta que não permita ser contrariada, porque clara e simples, ganhará no irracional um inimigo e um competidor incansável. Não é para isso que serve o estudo.

O volume crescente de matérias e assuntos, e livros e leis, assusta. Uma vez li em algum lugar que na China há um ditado mais ou menos assim: se um homem precisa caminhar mil quilômetros, deverá dar o primeiro passo. No estudo acontece a mesma coisa. Para ler um livro de 900 páginas, há que ler página por página. Um passo de cada vez. Uma página de cada vez.

O mundo do conhecimento jurídico brasileiro atual tem, cada vez mais, empurrado o estudante para um turbilhão de informações, exigindo dele cargas excessivas de adrenalina para estar em dia com tudo o que se refere ao Direito. É transmitido ao estudante a impressão de que tem que se ajustar imediatamente à velocidade, ao estudo exaustivo, à competição. Coloca-se o estudante como soldado em um campo de batalha.

Em seus quartos, os estudantes mais “fracos” nesse cenário estarrecedor, choram e se desesperam. Querem desistir. Alguns desistem. Desistem principalmente aqueles que querem adotar um ritmo que não é o seu. Enquanto outros fingem ter nascido sabendo tudo. Todavia, quem passou em primeiro lugar em um concurso não é, necessariamente, o mais capaz. Apenas respondeu corretamente a mais questões. E sempre tem alguém para louvar como natural uma qualidade conquistada.

Qual é o seu jeito individual de estudar? Qual é o seu ritmo pessoal? O segredo é o estudo. E o estudo não é um segredo, é uma atitude pessoal. É o essencial. É o que supre e o que transforma. E forma.

GD Star Rating
loading...
O segredo mais secreto dos estudantes de Direito, 9.3 out of 10 based on 15 ratings

24 Comentários

  1. Netgirl

    Olá Gustavo, gostei muito deste texto sobre o estudo. Muitas vezes me vi perdida no que estudar ou como estudar e o “segredo” foi apenas estudar, sem muita neurose.
    Sofri no exame da Ordem, mas consegui e agora, todos os dias, você citou bem, a enxurrada de informações é desumana e faz com que por vezes percamos o rumo…
    Meu estudo sempre foi noturno e solitário. E não sei se isso é um defeito, porém, nunca consegui decorar… apenas aprender!
    Abraço. Netgirl

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  2. Cb

    Texto muito muito interessante. Tenho feito esta mesma pergunta muitas vêzes. Escolhi tarde fazer direito, contudo tenho me desdobrado para saber um pouco do que estudo. Concordo com a quantidade de informação que nos é imposta. Também tenho dificuldades de decorar, porém me esforço para aprender.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  3. marly

    Olá, estou no 1º mês no curso de direito e já senti pesar em meus ombros o a responsabilidade que assumi, ao verificar as outras sala de 2º, 3º, 4º e 5º ano de direito , comecei a pensar, qual é exatamente meu objetivo? para que eu lute e chegue lá , como o Gustavo disse os mais “fracos” choram, e eu nem comecei e já andei chorando, mas quero pensar que é apenas um desabafo da minha tensão, pois o que se houve é que é muito díficil todo o curso,não sou boa de decorar, e as vezes a memoria falha, mas se aprendo fica tudo tranquilo, tenho um objetivo e vou me esforçar por alcança-lo.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  4. Dahiana Moraes

    Olá, sou Dahiana e tenho 26 anos, este ano completo 27. Já cursei sem concluir mais 2 outros cursos. Sempre tive em meu subconsciente a vontade de fazer Direito, porém, somente agora após fazer um curso sobre o que é o Direito, áreas de atuação e seus instrumentos e, seu real objetivo que é de fato entender todo o processo de formação cultural e sociológica do homem e buscar soluções para as relações e o meio em que vivem. Conhecendo seu conteúdo tive a oportunidade a qual considero que todos os estudantes do 2º grau deveriam ter, do conhecimento das profissões. Como tuda na vida tem um preço, me vejo neste momento cursando o 1º período com um enorme desafio: estudar, entender, decorar, questionar, refletir, criticar…
    Resumindo, dá medo, mas é a realidade, para conseguir só estudando muito!

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  5. Fábio

    FÁBIO,

    D’Andrea, como sempre procuramos fórmulas para poder desenvolver o estudo correto, mas com esse seu texto ele nos reteme que não adianta fazer projeções a longo prazo, temos que tomar uam atitude: “melhor mergulhar no universo jurídico de maneira a descobrir, conhecer e entender este universo”. Pra isso, é preciso estudar, estrudar, estudar, mas se isso for pesado mudemos para lêr, lêr, lêr e lêr.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder

  6. oie…amei td o que vc colocou , eu estou 30anos sem estudar e agora em fev 2011, comecei o meu sonhado curso de direito mas estou assustada com tantos livros e tantas informações e n decoro e n aprendo e leio leio e não sei o que fazer me socorre me dá uma dica..obrigada abraços

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
    1. Helisson

      Sheilinha fique tranquila, no curso de direito você vai ler muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito e essa leitura vai fazer sua mente exercitar pois você acabará de falar que estava há 30 anos sem estudar, é normal que você sinta dificuldade em receber muita informação na mente que estava praticamente parada nos estudos, respire fundo e vai nessa tua força porque Deus é contigo garota.Boa sorte
      Sds, Helisson Sena estudante de direito

      GD Star Rating
      loading...
      Responder
      1. sheila maria de sousa matsunaga

        eu até tou emocionada de ter lido o que vc me enviou, pelo simples fato de me chamar de sheilinha já tou no céu porque sou pior do que uma gatinha de tão dengosa e carinhosa com todo respeito te agradeço por td mesmo e que deus continue a ser a tu luz verdadeira entre aqueles que de ti precisarem bj na sua alma

        GD Star Rating
        loading...
        Responder
  7. Anderson

    Isso é uma das poucas coisas que fale a pena ler.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  8. Anderson

    Isso é uma das poucas coisas que fale a pena ler.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder

  9. olá eu também estou no mesmo caminho estou no 2º ano e não imagina quanta energia me dá ao descobrir q tenho companheiros conselhadores. é certo sim a questão e q várias vezes procuro dar soluções a mim mesma. qual o melhor método a adoptar? confesso q já cheguei a pensar q não estava no campo certo, mas vi q não é possivel q tenha me enganado tanto pois eu sou apaixonada por este curso. mas contudo agradeço o seu comentário porq de verdade mesmo puxou muito a minha atenção.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  10. naiane

    Tenho vontade de fazer Direito tenho medo de ficar louca rapido com tanta coisa… pois pareço com uma esponja abisorvo facilmente os poblemas dos outros.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  11. paulo Jose marques andre

    a preocupação de estar estudando de forma correta é enorme . a solução é tratar o estudo da disciplina como se o direito fosse a sua vida , é preciso você respirar ,digerir , sonhar ,amar e viver o direito no seu dia-dia , deixa o direito entrar na sua vida e grande transformação surgirá em você. obs: gostar da disciplina é um processo que teria que se iniciado no 2.grau é nesse período que se desenvolve essas potencialidades.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  12. #arlene123

    OI D’Andrea gostei muito do texto penso e fazer direito vou termina meus estudo do ensino medio e ja so o menos o pesso que vou leva e minha costa esse texto me ajudo muito a refletise e isso mesmo que quero e agora eu tenho certeza eu sou apaixonada por direito esse e meu foco muito obrigado vc me ajudo muito so com esse texto a me decidir e nao mudoe isso mesmo que quero mas uma advogada na minha familia nao vai ser mal nao rsrsrrssrrs so paea a coleçao

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  13. Tricia

    para mim o direito es um desafio no entanto,me encanta de uma maneira impressionante! eu estou no 4 periodo ,ate hj fico frustada com alguns livros critico confesso! mas,a minha força de vontade fala mais alto pois,tem momentos que estou em plena madrugada lendo sozinha entretanto,esse és um unico momento que me vejo sonhando e argumentandos feliz ahahaha portanto,gostei muito desse texto (parabens)e espero q os futuros estudantes sintam um dia algo desse tipo em plena madrugada…e sem duvidas! faça a diferença no nossos pais…

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  14. Desejo

    gosto muito do curso de direito, mais esta me ser muito dificil no 3º ano me vejo com muitas dificuldade e preciso os conselho dos meus colegas, como devo estudar durante um dia pra por der me dar bem no exame finais

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  15. Leomir

    Cara seu comentario é muito bom. eu sou estudante de direito e fui para o 5º periodo, como eu vi você tem uma participação significativa em instrução via net. Quero te pergutar, ja sabemos que ja existe curso de direito a distancia, eu ao iniciar ao curso fui merecedor de uma triste dependencia, porem minha faculdade fica em outra cidade e ministra a DP aos sabados e nao tenho condições nem meios para deslocarme, gostaria de saber se você tem algum conhecimento de dependencia a distancia, a cordenação de minnha faculdade diz que aceita desde que for aceita pelo MEC e atender pelo menos 80% da grade curricular da Faculdade.

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  16. Denys Felippe

    Estou indo pro 5° semestre do curso… É pesado mesmo. Meu método de estudo é meio tolo, mas ajuda na concentração e melhora o meu raciocínio( principalmente para processo civil) é o seguinte: imagino, quando to estudando, que estou resolvendo um caso prático e imagino uma solução para esse problema (imaginário) de acordo com o que estudei (ás vezes, falo até sozinho)…. Ajuda o raciocínio e a reflexão. É preciso amar o direito. Outra dica: Tenha foco. O meu é a magistratura estadual , e o seu?

    GD Star Rating
    loading...
    Responder
  17. Anderson Silva

    Olá pessoal , estou planejando começar a cursar direito ,acho uma faculdade muito interessante e tenho muita vontade de começar a cursa-la,mas tenho muitas dúvidas e nervosismo por não saber o que me espera no curso,ouvir dizer que é só ler,ler e ler de novo kkk,mas não sei se só é isso mesmo , alguém pode me ajudar , me dando dicas , por que sei que alguns aqui já acabaram o curso , Obrigado !

    GD Star Rating
    loading...
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *