Reflexão: reformas

0
💡

Fala-se muito em reformas: reformas no Judiciário, reformas políticas etc. A reflexão que proponho hoje é sobre este mesmo assunto: reformas. Muitas vezes, reformas são necessárias, mas é necessário também que as elas não sejam o fim em si mesmas (ou seja, reformar apenas para reformar). A reforma deve ser o meio, para que a situação do que se está reformando melhore e se desenvolva.

SHARE
Previous articleA semana: células-tronco embrionárias e outros assuntos
Next articleConselho Nacional de Justiça
Gustavo D'Andrea é advogado especializado em Direito Digital, mestre em Ciências (Psicologia) pela FFCLRP-USP e doutor em Ciências (Enfermagem Psiquiátrica) pela EERP-USP. Mantém o blog Forense Contemporâneo desde 2005 e criou a Forensepédia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here