Voo Air France 447 Rio-Paris: Pensamentos tecnicojuridicoconsumeristafilosóficos

1
💡

É claro que a palavra tecnicojuridicoconsumeristafilosóficos não existe na língua portuguesa. Que seja possível lembrar agora, é geralmente na língua alemã que aparecem palavras grandes assim compostas por várias palavras dentro de uma só. A razão da invenção dessa longa palavra para o título deste post – que faz parte da blogagem coletiva sobre o acidente da Air France, neste mês de junho de 2009 – é que um fato como este nos faz pensar em centenas de coisas aparentemente desconexas, mas que aparecem ao mesmo tempo em nossas mentes.

Como fato, o acidente abrange questões que envolvem diversos tipos de profissionais. O empresário, o piloto, as equipes médicas, de salvamento e de perícia, os advogados, os estadistas, os políticos, os jornalistas etc. Cada profissional se relaciona com o fato de alguma forma. Por exemplo, o jornalista traz as notícias, os advogados cuidam dos direitos dos familiares das vítimas, e assim por diante.

Por trás de tudo isso, está o sofrimento, a tensão e pensamentos como: “isto poderia ter sido evitado?” Já ouvi mais de uma vez dizerem que o avião é o meio de transporte mais seguro do mundo. Mas isto nunca quis dizer que é um meio de transporte infalível. Deveria ser? Ou melhor, seria possível ser infalível?

A cada novo acidente aeronáutico que ocorre, levantam-se dúvidas e mais dúvidas sobre todos os tipos de aspectos que possam se relacionar ao assunto. É uma infelicidade que tenha ocorrido mais este acidente. Esperemos que nenhum outro ocorra.

1 COMMENT

Comments are closed.